Você aceita uma bolha de água?

15 de abril de 2014
Aceita uma bolha

O Coletivo traz hoje uma novidade no mundo das invenções ecológicas. Uma garrafa de água que na verdade é uma bolha comestível, o que evita o descarte das garrafas convencionais (isso se elas não forem recicladas).

Você deve estar se perguntando como é possível alguém ter criado algo funcional dessa forma. Quem teve a ideia foi um trio de estudantes espanhóis de design, que criaram a “membrana” a base de algas marinhas e cloreto de sódio. A bolha criada para armazenar a água pode ser perfurada para o consumo do líquido ou até colocada inteira na boca e estourada (já que é comestível).

 

O método usado para a “produção” da bolha é chamado de “esferificação”, técnica utilizada até por alguns chefs de cozinha para criar “pratos” diferentes. Primeiro a água é congelada e depois os cubos de gelo são colocados dentro das esferas gelatinosas (ou as esferas são criadas em volta dos cubos), onde derretem.  Segundo seus criadores, cada esfera tem um custo de 2 centavos de dólar, o que a torna uma opção, além de ecológica, barata.

 

Segundo um dos designers criadores da bolha, 80% das garrafas plásticas não são recicladas. O que é um dado bastante alarmante para a saúde do planeta.  O projeto do trio espanhol foi vencedor do Lexus Design Award. Mesmo que ainda tenha falhas (como o perigo de estourar “descontroladamente” na sua mão), a ideia é muito boa e pode ser pensado um uso mais seguro e específico para ela.

 

É muito bom ver projetos assim serem reconhecidos e premiados. A “garrafa” de água sustentável é um exemplo de como as habilidades humanas podem ser usadas para o bem e como o desenvolvimento e inovação podem estar de mãos dadas com a preservação ambiental. Isso é viver e se desenvolver sustentavelmente. O Coletivo Virtual apoia essa ideia!

 

Clique aqui e veja uma galeria com mais invenções sustentáveis, dessa vez no mundo da arquitetura e engenharia!

Tags:
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>