Mais criatividade nas madrugadas? Você pode ser uma “Pessoa-B”

12 de julho de 2013
acordar cedo

Na nossa área, onde a criatividade é quase sempre uma necessidade, é comum conhecermos pessoas que amam a madrugada – ou outros horários alternativos – para criar. Pense um pouco: se não você, algum amigo com certeza já contou que trabalha melhor tarde da noite.

 

Por outro lado, esse pessoal costuma não se dar bem de manhã cedinho. Mas há um problema: o horário comercial vai da manhã à tarde, e muita gente, além de sofrer para acordar cedo, só rende bem depois das dez da manhã. Segundo a organização B-Society, presente em mais de 50 países, não há motivos para preocupação – você pode ser apenas uma “Pessoa-B”.

 

A B-Society baseia-se em pesquisas sobre cronobiologia de uma universidade de Munique, que afirma que as pessoas têm “relógios” diferentes, definidos geneticamente. Assim, o fato de não conseguir criar de manhã cedo não significa ser preguiçoso.

madrugada

Países já “acolhem” as Pessoas-B

 
 
A Sociedade-B começou na Dinamarca, onde os horários de estudos e trabalho já têm se tornado mais flexíveis. A Suécia, que aceitou a legitimidade da Sociedade-B, já conta com uma escola de segundo grau que oferece horários de 20h às 8h.

 

Para o manifesto da Sociedade-B, respeitar o relógio biológico de cada um pode significar mais produtividade e uma vida mais saudável. A expectativa é que países como Noruega, Finlândia e Inglaterra adotem iniciativas para as Pessoas-B ainda neste ano.

 

Quem ficou curioso pra saber se é uma dessas pessoas de relógio biológico programado para horários alternativos pode até fazer o teste da Ludwig-Maximilians-Universität, que continua estudando o fenômeno. Será que você tem o relógio diferente ou apenas gosta de dormir mais um pouco?

 

Fontes:

B-Society.org

BBC News

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>