Mais Ads, menos conteúdo? Onde o Facebook vai levar as marcas?

4 de abril de 2014
i unlike facebook

O Facebook está cada vez mais diminuindo o alcance orgânico de suas páginas. As informações que circulam na internet dizem que os posts devem alcançar somente algo em torno de 1% dos curtidores das páginas.

Há muito tempo sabemos que número de curtidas não é reflexo para sucesso de sua marca. Engajamento e interação são os fatores mais importantes para avaliar a imagem de uma marca perante seu público. Mas o alcance de posts é um dado quantitativo importante para sabermos o que está dando certo (tipos de posts) e é através do alcance que a imagem da marca é propagada.

Com uma repercussão tão limitada, qual o caminho do Social Media para fazer seu cliente crescer e aparecer? Uma solução apresentada pelo Facebook é o patrocínio, a venda de anúncios. Alcance e resultados vendidos. Os anúncios já estavam sendo oferecidos pela rede social com bastante afinco há muito tempo.

Onde fica a relevância do conteúdo nessa história? A relação consumidor/marca é uma relação afetiva. Por isso, deve haver comunicação entre as partes. A comunicação só se concretiza quando há uma troca de informações positiva, construtiva. Será que o usuário da rede social vai se contentar e aproveitar a relação com sua marca querida se esta só fizer anúncios publicitários?

Tudo isso se torna um desafio novo para aqueles que trabalham com Marketing de Conteúdo. É melhor enxergar pelo lado positivo, do desafio. Senão, a criatividade pode ficar até limitada. Veja abaixo um vídeo com Rebecca Lieb, especialista em Marketing de Conteúdo, que fala sobre a realidade das marcas, que hoje também são publishers.

 

Tags:
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>