Como anunciar no Facebook sem erros?

26 de agosto de 2013
facebook para empresas

Conseguir visibilidade para fanpages já não é tão simples como antes. Cada vez mais empresas e marcas investem no Facebook Ads, sobressaindo na rede social em busca de novos fãs e, consequentemente, mais mercado. Apesar de ser possível que qualquer pessoa monte um anúncio, fazer isso com qualidade não é uma tarefa tão fácil.

 

Segmentação

 

 

Segmentar seu anúncio é ideal para alcançar melhores resultados. É melhor que mil pessoas que se interessam pelo assunto o vejam do que 10 mil que não têm interesse. Para isso, o Facebook oferece inúmeras opções: é possível selecionar, por exemplo, a idade de quem vai visualizar o ad, bem como estado civil, local onde mora e outros interesses – conhecer o seu público é fundamental.

 

Acertar em cheio no usuário alvo não melhora apenas os resultados finais, mas também beneficia outra importante parte da campanha: o orçamento.

 

Orçamento: CPM e CPC

 

 

Há dois tipos de pagamento: CPM e CPC. O primeiro quer dizer “Custo por Milhar”, e o anunciante paga uma quantia fixa a cada mil visualizações – indicado principalmente para anunciantes que querem promover a página. Se o anúncio for dirigido a algo específico, como um produto ou site, a indicação é a segunda opção: o “Custo por Clique”.

 

Para quem está começando, o ideal é definir o orçamento total da campanha e deixar que o Facebook calcule os valores automaticamente – acompanhando a variação do “preço” de curtidas e visualizações é possível mensurar se o anúncio pode ser melhorado. Quanto mais segmentado e otimizado, mais relevante ele se torna perante o Facebook, barateando CPM e CPC.

 

Há também a possibilidade de definir tais valores, mas isso é indicado apenas para pessoas habituadas com os anúncios e que conheçam bem seu público.

 

Criatividade

 

 

Tornar a propaganda atrativa requer, ao mesmo tempo, criatividade e atenção ao modo de funcionamento da ferramenta. É importante lembrar que a imagem do ad é pequena. Isso deve ser levado em conta na hora da escolha da foto, junto com as restrições que o Facebook faz em suas políticas para anunciantes: um exemplo é a impossibilidade de se ocupar mais de 20% da imagem com textos, o que inclui logotipos.

 

O texto também precisa ser chamativo – o alvo observa rapidamente o anúncio, e sua atenção tem que ser capturada. Mesmo assim, todo cuidado é pouco: imagens ou frases apelativas demais podem não ser aprovadas para publicação.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>