A criatividade está ao nosso alcance

27 de junho de 2014
criatividade blog

Criatividade não é só inspiração e também não é só método, apesar de poder ser exercitada. Da mesma forma, o design não é só “visual” e sim “soluções arrojadas”.

 

Ser criativo é uma necessidade, uma demanda da vida profissional atualmente. O “feijão com arroz” não é aceito mais pelos clientes. Quanto mais a comunicação evolui e quanto mais o mundo se conecta, todos participam dos processos comunicativos, sabem que o campo está difícil e querem sempre se destacar.

 

Como se destacar? Pela criatividade. Como fazê-la se sobressair? A Tátil Design de Ideias apresenta 9 dicas para te inspirar:

 

1 – Entender o desafio: a percepção de que, de fato, só é possível gerar valor para alguém quando se desenha algo “com” e não apenas “para”.

 

2. Entrar em contato: se aproximar, ouvir o outro, se interessar verdadeiramente. E então se inspirar para desenvolver ideias que gerem aumento de performance, e que minimizem as dificuldades.

 

3. Buscar as potencialidades: tudo faz sentido se colocarmos foco nas potencialidades. Um detalhe diferenciador pode lhe “mostrar” muito mais aspectos do que o que está “à vista” de todos.

 

4. Esforço multidisciplinar: ampliar os universos do conhecimento, multiplicar pontos-de-vista, desenvolver ideias através de diversos prismas.

 

5. Quebrar preconceitos: tratar os temas sem ranços, duvidar das certezas fáceis e, assim, trazer para perto a palavra INOVAÇÃO.

 

6. Estimular o protagonismo: convocar marcas e empresas a ocuparem seu papel no mundo, que já é enorme e vai ser ainda mais importante no futuro.

 

7. Catalizador do saber: acreditar e colaborar com novas iniciativas e fontes de sabedoria. O futuro das marcas e dos negócios necessariamente passará por uma revisão das dinâmicas de construção do conhecimento.

 

8. Abordagem holística: costurar conhecimento, em uma visão ampliada que contemple as interconexões. Enxergar as coisas de cima e propor soluções disruptivas.

 

9. Sustentabilidade: olhar para a natureza. Para princípios naturais como a otimização, a interdependência e o ciclo fechado. O futuro da inovação é o nosso futuro amadurecido como espécie.

 

Depois dessas dicas, como você percebe a qualidade de seu processo criativo?

Tags:
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>